jusbrasil.com.br
27 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Mato Grosso TJ-MT - Embargos de Declaração: ED 0041987-14.2015.8.11.0000 41987/2015

Tribunal de Justiça do Mato Grosso
há 7 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
ED 0041987-14.2015.8.11.0000 41987/2015
Órgão Julgador
TERCEIRA CÂMARA CÍVEL
Publicação
20/07/2015
Julgamento
7 de Julho de 2015
Relator
DESA. MARIA EROTIDES KNEIP BARANJAK
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-MT_ED_00419871420158110000_6f2af.pdf
RelatórioTJ-MT_ED_00419871420158110000_c3309.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMBARGOS DE DECLARAÇÃO - AGRAVO DE INSTRUMENTO - EXECUÇÃO FISCAL - LANÇAMENTO POR HOMOLOGAÇÃO - INEXISTÊNCIA DE PAGAMENTO ANTECIPADO - APLICAÇÃO ART. 173, INCISO I DO CTN - DECADÊNCIA NÃO EVIDENCIADA - CONTRADIÇÃO - ACOLHIMENTO.

1 - Os aclaratórios deve ser acolhidos, quando presente a contradição suscitada.
2 - O prazo decadencial, nos termos do art. 173, I, do Código Tributário Nacional, deve ser contado do primeiro dia do exercício seguinte àquele em que o lançamento poderia ter sido efetuado.
3 - "Nos casos de tributos sujeitos a lançamento por homologação, em que não ocorre pagamento antecipado, o prazo decadencial deve ser computado segundo as disposições do art. 173, I do CTN, ou seja, será de 5 anos, contados do primeiro dia do exercício seguinte àquele em que o lançamento poderia ter sido efetuado. (...)” (STJ - AgRg no AREsp 237.317/SE; Rel. Min. Napoleão Nunes Maia Filho; 1ª T.; Julg. 13/08/2013, DJe 19/08/2013).
4. Aclaratórios acolhidos. (ED 41987/2015, DESA. MARIA EROTIDES KNEIP BARANJAK, TERCEIRA CÂMARA CÍVEL, Julgado em 07/07/2015, Publicado no DJE 20/07/2015)
Disponível em: https://tj-mt.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/365510131/embargos-de-declaracao-ed-419871420158110000-41987-2015

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 9 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AgRg no AREsp 237317 SE 2012/0206082-8

Tribunal de Justiça do Mato Grosso
Jurisprudênciahá 7 anos

Tribunal de Justiça do Mato Grosso TJ-MT - Agravo de Instrumento: AI 0001767-37.2012.8.11.0013 MT