jusbrasil.com.br
10 de Abril de 2020
2º Grau

Tribunal de Justiça do Mato Grosso TJ-MT - Apelação : APL 0003924-32.2011.8.11.0008 13757/2017

RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL – CUMPRIMENTO SENTENÇA - ALEGAÇÃO DE EXCESSO DE EXECUÇÃO – CÁLCULO DO EXECUTADO – NÃO OBSERVADO HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS DA FASE DE CUMPRIMENTO DE SENTENÇA – SENTENÇA MANTIDA – RECURSO DESPROVIDO.

Tribunal de Justiça do Mato Grosso
há 3 anos
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Órgão Julgador
PRIMEIRA CÂMARA DE DIREITO PRIVADO
Publicação
20/06/2017
Julgamento
13 de Junho de 2017
Relator
DES. SEBASTIÃO BARBOSA FARIAS

Ementa

RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL – CUMPRIMENTO SENTENÇA - ALEGAÇÃO DE EXCESSO DE EXECUÇÃO – CÁLCULO DO EXECUTADO – NÃO OBSERVADO HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS DA FASE DE CUMPRIMENTO DE SENTENÇA – SENTENÇA MANTIDA – RECURSO DESPROVIDO.
Revelam-se equivocados os cálculos apresentados pelo executado, que deixa de acrescentar o valor dos honorários advocatícios para a fase de cumprimento de sentença, o que desreveste de fundamento sua alegação de excesso de execução. (Ap 13757/2017, DES. SEBASTIÃO BARBOSA FARIAS, PRIMEIRA CÂMARA DE DIREITO PRIVADO, Julgado em 13/06/2017, Publicado no DJE 20/06/2017)