jusbrasil.com.br
27 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Mato Grosso TJ-MT - HABEAS CORPUS CRIMINAL: HC 1000312-15.2019.8.11.0000 MT

Tribunal de Justiça do Mato Grosso
há 3 anos
Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
Segunda Câmara Criminal
Publicação
20/03/2019
Julgamento
13 de Março de 2019
Relator
PEDRO SAKAMOTO
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMENTA HABEAS CORPUSPOLUIÇÃO SONORASUSTENTADA A ATIPICIDADE DELITIVAPRETENDIDO O TRANCAMENTO DA AÇÃO PENAL POR FALTA DE JUSTA CAUSAAUSÊNCIA DE PERÍCIA CAPAZ DE DEMONSTRAR O DANO POTENCIAL DA CONDUTAINVIABILIDADEALEGAÇÕES NÃO DEMONSTRADAS DE FORMA INEQUÍVOCADELITO FORMAL E DE PERIGO ABSTRATOPRESCINDIBILIDADE DA PROVA PERICIAL – INICIAL ACUSATÓRIA QUE DESCREVE SATISFATORIAMENTE OS ELEMENTOS E AS CIRCUNSTÂNCIAS DE FATO DEFINIDO COMO CRIME – CONSTRANGIMENTO ILEGAL INEXISTENTEORDEM DENEGADA.

A jurisprudência dos Tribunais Superiores é firme no sentido de que o trancamento da ação penal, nesta via estreita, constitui medida excepcional que só deve ser aplicada quando demonstrada de forma inequívoca a alegada ausência de justa causa. O delito previsto no art. 54 da Lei n. 9.605/98 é de natureza formal e de perigo abstrato, não se exigindo a realização de prova pericial para a comprovação da potencialidade de dano à saúde humana. Existindo elementos probatórios que indicam a tipicidade da conduta narrada na denúncia, não há falar em ausência de justa causa para a ação penal.
Disponível em: https://tj-mt.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/839703340/habeas-corpus-criminal-hc-10003121520198110000-mt

Informações relacionadas

Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal de Justiça do Pará TJ-PA - Apelação Criminal: APR 0022405-68.2016.8.14.0401 BELÉM

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 2 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA: AgRg no RMS 61894 MS 2019/0287484-8

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 4 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO EM HABEAS CORPUS: RHC 92811 SP 2017/0323093-5